Digamos que você é o gestor da área de TI da sua empresa e possui demandas recorrentes para criação de soluções, pontuais ou não, para atender ao negócio de cada área.

Vamos ao cenário comum, em que os usuários de negócio identificam uma ou mais oportunidades de melhorias e desafios. Derivado disso, surge a necessidade de criar um aplicativo, Web e/ou móvel.

Nesse momento eles enfrentam questões como:

  • Acessar uma base de dados de um sistema legado
  • Em qual local as informações serão salvas?
  • Lidar com questões de autenticação e segurança
  • Como automatizar tarefas entre sistemas distintos?
  • Onde hospedarei meu aplicativo?

O levantamento dessas questões resulta em um backlog de melhorias e oportunidades.

Mas ao invés disso, existe a opção de se utilizar um aplicativo de prateleira, porém:

  • Nem tudo será atendido, pois as regras são do fabricante
  • Você precisa se adaptar, pois customizações não são permitidas

Outras oportunidades exigem o desenvolvimento de aplicações customizadas, em que:

  • 75% dos projetos falham
  • Existe a dificuldade de entendimento de requisitos

Além do citado acima, todo o restante são oportunidades não exploradas, e mais desafios aparecem:

  • Restrições de orçamento
  • Restrições de tempo e equipe
  • Processos manuais
  • Processos complexos
  • Necessidade de um relacionamento mais próximo entre TI e Negócios
  • Dependência de sistemas legados
  • Escalabilidade e manutenibilidade
  • Segurança e controle de acesso

Agora vamos imaginar uma abordagem diferente, com as ferramentas do Power Platform.

O que é a Power Platform?

Power Platform é uma plataforma composta pelos serviços PowerApps, Flow e Power BI, com Dynamics 365, Office 365 e Azure como background, que possibilita personalizar e estender estes produtos com uma forma mais prática de construção, para qualquer pessoa já familiarizada com Microsoft Office.  

Power Platform

Mas como chegar no objetivo deste nosso cenário utilizando a Power Platform?

  • Utilizando o PowerApps para criar seus aplicativos em horas, não em meses, desde a interface até as regras de negócio, utilizando uma série de conectores já existentes para acessar os seus dados e sem a necessidade de utilizar programação, que podem ser executados na Web, iOS e Android.
  • Automatizando seus aplicativos com Flow, conectando-os a processos de negócio com fluxos de trabalho que se conectam a mais de 200 serviços prontos para uso, além de criar fluxos a partir do zero. Isso é de extrema importância para garantir a consistência dos dados de sua organização.
  • Apresentando e impulsionando os resultados de seu negócio com o Power BI, utilizando elementos visuais para saber o que está acontecendo na empresa, tomando decisões mais precisas e descobrindo novos insights.

Para agregar ainda mais a tudo isso, você pode utilizar o Common Data Services, que vai servir como uma fonte de dados única, que pode ser compartilhada entre toda sua organização, possibilitando maior praticidade, gestão, integridade e produtividade de seus aplicativos.

Utilizando a Power Platform, você capacita todos a inovar com uma plataforma de aplicativos conectada, ainda deixando estes recursos trabalharem a favor de quem as utiliza, com mais agilidade, onde cada usuário poderá explorar ao máximo sua capacidade, melhorando a qualidade do seu trabalho.

Sem contar a variedade de serviços disponíveis no Office 365 e Dynamics 365, que cria um ambiente vasto em possibilidades e na nuvem, unindo os setores de sua empresa e trazendo mobilidade e disponibilidade a seus dados de forma controlada e estável, desde sua Intranet até seu CRM.

Quer saber mais sobre a Power Platform? Então entre em contato com um de nossos consultores pela nossa página de contato ou pelo número (31) 2532-7017.

Sobre o autor:

 

 

Thiago Araújo é especialista SharePoint, atualmente é consultor Office 365 da BHS com foco em PowerApps, Flow e SharePoint Online.