fbpx

A maioria das empresas está usando a nuvem em algum nível, independentemente do seu tamanho e da escala, mas ainda mantendo a presença on premises. Essa abordagem híbrida permite que as organizações utilizem seu ambiente on premises e ainda possam aproveitar as tecnologias em nuvem. 

Na maioria das vezes, elas estão presentes em mais de um provedor de serviços em nuvem, aumentando a complexidade do gerenciamento e a necessidade de um inventário diversificado de habilidades técnicas. 

Hoje, esse problema pode ser simplificado. E se pudéssemos aproveitar as inovações da nuvem e aplicar esses serviços em qualquer lugar, independentemente do ambiente ou plataforma com um único conjunto de tecnologias? Entra o Azure Arc.

O que é o Azure Arc e o que não é?

O Azure Arc não é outra maneira de fornecer uma plataforma operacional semelhante à nuvem ao seu datacenter. Ele não instala Kubernetes e não gerencia sua infraestrutura virtual para você. 

Em vez disso, o Azure Arc permite o gerenciamento da nuvem Azure em qualquer infraestrutura e também permite que você execute os serviços de dados do Azure para serem implantados em qualquer lugar. Isso inclui gerenciamento de servidor híbrido, Kubernetes e serviços de dados do Azure.

Ele faz parte de uma mudança no pensamento da Microsoft sobre o gerenciamento de aplicativos distribuídos. Melhor mostrado em seu Open Application Model, ele trata a computação distribuída em três camadas: uma mistura de infraestruturas físicas e virtuais, um conjunto de serviços de aplicativos e um aplicativo. 

Neste modelo, você gerencia cada camada separadamente. A camada de infraestrutura hospeda os serviços de aplicativo, que incluem serviços de orquestração de contêineres, como o Kubernetes. Os aplicativos são implantados nessa camada, como máquinas virtuais discretas ou como um conjunto de contêineres, juntamente com as definições de cluster.

Quais os principais recursos do Azure Arc?

1. Estenda o gerenciamento e a segurança do Azure para qualquer infraestrutura

Centenas de milhões de recursos do Azure são organizados, governados e protegidos diariamente pelos clientes usando o gerenciamento do Azure. O Azure Arc estende esses recursos comprovados de gerenciamento do Azure para servidores Linux e Windows, bem como clusters Kubernetes em qualquer infraestrutura no local, em várias nuvens e na borda. 

Agora, os clientes podem ter uma abordagem consistente e unificada para gerenciar diferentes ambientes usando recursos robustos e estabelecidos, como o Azure Resource Manager, o Microsoft Azure Cloud Shell, o portal do Azure, a API e a política do Microsoft Azure. 

Com o Azure Arc, os desenvolvedores podem criar aplicativos em contêiner com as ferramentas de sua escolha e as equipes de TI podem garantir que os aplicativos sejam implantados, configurados e gerenciados de maneira uniforme usando o gerenciamento de configurações baseado em GitOps. 

Por fim, o Azure Arc facilita a implementação da segurança na nuvem em ambientes com políticas de controle de acesso e segurança centralizadas baseadas em funções. 

2. Execute serviços de dados do Azure em qualquer lugar

Com o Azure Arc, os usuários agora podem aproveitar os benefícios da inovação na nuvem, incluindo recursos de dados sempre atualizados, implantação em segundos (em vez de horas) e escalabilidade dinâmica em qualquer infraestrutura. 

Agora, eles têm a flexibilidade de implantar o Banco de Dados SQL do Azure e o Banco de Dados do Azure para PostgreSQL Hyperscale onde precisarem, em qualquer cluster Kubernetes. 

No portal do Azure, é possível obter uma visão unificada e consistente de todos os seus serviços de dados do Azure em execução no local e nas nuvens e aplicar políticas, segurança e governança consistentes de dados nos ambientes. 

Os usuários podem obter escala ilimitada ativando continuamente clusters Kubernetes adicionais no Azure Kubernetes Service (AKS), se ficarem sem capacidade no local. 

3. Ofertas expandidas da pilha do Azure para qualquer borda

O Azure Stack Edge é um appliance de borda habilitado para Inteligência Artificial que traz computação, armazenamento e inteligência. Os usuários poderão tirar proveito dos novos recursos, incluindo o suporte à máquina virtual, alta disponibilidade com vários nós e computação de borda de acesso múltiplo.

Com o Azure Arc, híbrido não significa apenas combinar nuvem e seus próprios data centers; também unifica a maneira como você trabalha com VMs tradicionais e cargas de trabalho em contêiner mais recentes nos Kubernetes cada vez mais onipresentes, mas também fragmentados. As empresas não precisam abandonar nenhuma infraestrutura em que investiram e podem se mover no seu próprio ritmo.

Gostou de conhecer o Azure Arc? Comente abaixo e nos conte o que achou dessa novidade da Microsoft!